Dicas para aproveitar um dos 10 feriados de 2017

Chiang Mai Tailândia, ótima Opção para Turismo Natureza
24/02/2017
Roteiro completo para viajar pela Holanda e Bélgica de Trem
03/04/2017

Dicas para aproveitar um dos 10 feriados de 2017

Ao todo serão dez feriados ou pontos facultativos nacionais prolongados, com apenas dois meses em que os brasileiros não poderão aproveitar tanto. Compre sua viagem com antecedência, assegurando os horários mais convenientes, os melhores preços, de forma a que você e sua família viajem juntos.

Ao longo do ano, haverá vários outros feriadões que rendem passeios mais longos. Anote aí: Corpus Christi (15 de junho), Independência do Brasil (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e Finados (2 de novembro) caem em uma quinta-feira! O dia de Corpus Christi (15 de junho) também será em uma quinta-feira, mas costuma ser ponto facultativo.

Destaque também para os dois feriados de abril, que caem em uma sexta-feira, são eles: Paixão de Cristo (14 de abril) e Tiradentes (21 de abril). Maio e dezembro também dão sorte e oferecem folgas em uma segunda-feira por conta do Dia do Trabalho (1º de maio) e do Natal (25 de dezembro).

Dicas para aproveitar um dos 10 feriados de 2017

Aruba – Caribe

Localizada ao sul do Caribe, Aruba é um país autônomo que integra os Países Baixos. Apresenta influências holandesas, espanholas, venezuelanas e caribenhas na cultura, na gastronomia e na arquitetura. Neste paraíso tropical você pode conhecer praias famosas no mundo todo e explorar a diversidade da natureza. Aproveite a infraestrutura hoteleira, as condições favoráveis para esportes náuticos, opções de compras e badalação noturna.

As principais praias de Aruba são Palm Beach, Eagle Beach e Baby Beach, mas há muitas outras espalhadas pela ilha. Cada uma possui características próprias, mas todas são igualmente bonitas. Escolha a sua preferida, compre sua passagem para Aruba e aproveite as férias!

Aruba tem atrações para todos os gostos. Durante o dia dá para praticar esportes, mergulho, fazer passeios de barco, curtir o sol ou fazer compras. À noite, há o agito dos cassinos, restaurantes com mesas à beira-mar e feirinhas pelas ruas. Escolha seu pacote para Aruba e divirta-se!

Badalados resorts são a marca registrada da zona hoteleira de Palm Beach. A maior parte deles possui estrutura de lazer e esporte. Alguns incluem cassinos, discotecas e sistema all inclusive. Outras opções de hotéis em Aruba estão na capital, Oranjestad, onde você fica mais perto de lojas e shoppings.

Chapada do Veadeiros – Goiás

A região abriga rios cristalinos, cachoeiras de 100 m e enormes paredões de pedra, rodeados pela vegetação do Cerrado. Para chegar às atrações, o visitante precisa estar disposto a caminhar: as trilhas de acesso chegam a 5 km, com trechos íngremes e pedregosos (em algumas é necessária a presença de guia). Como recompensa, quase todos os percursos terminam em poços, que surgem na base de quedas-d’água ou no meio de formações rochosas.

COMO CHEGAR

Brasília é a capital mais próxima da Chapada. De carro, pegue a saída para Planaltina/DF (BR-020), rode 41 km e pegue o acesso para a BR-010/GO118 na direção de Alto Paraíso de Goiás, a 167 km. Da rodoviária até Alto Paraíso, são três horas de viagem (Real Expresso, 11/2142-7100; R$ 40; todos os dias às10h e 21h). De Alto Paraíso a Cavalcante são 91 km pelas asfaltadas GO-118 e GO-241 – mas para conhecer as cachoeiras e mirantes do entorno, roda-se bastante por estradas de terra. De Alto Paraíso até São Jorge são 22 km asfaltados e 14 km de terra pela GO-239.

Atacama – Chile

Por que visitar a região mais árida do planeta? Por que se expor ao sol inclemente do deserto, durante o dia, e bater o queixo à noite, com baixas temperaturas? Por que submeter o corpo ao ar rarefeito, ao pó e à baixa umidade?

Porque mesmo neste terreno inóspito sobrevivem graciosas espécies de animais, como flamingos cor-de-rosa e delicadas vicunhas. Porque os cenários de cores saturadas parecem fruto de insolação ou algum delírio causado pelo soroche (mal de altitude), de tão irreais. Porque as plantas adaptam suas raízes e folhas. Porque a vida se impõe no Atacama, no gelo, na areia, no céu, no sal, apesar de tanta aspereza.

Um dos passeios mais populares no deserto do Atacama é o Vale da Lua, uma região que fica na Cordilheira de Sal, a 17 quilômetros de San Pedro. Não há como não se impressionar com as formações de areia, sal e rochas, esculpidas pela ação do vento e das águas, numa região que já foi o fundo do mar. A maioria das pessoas embarca em passeios oferecidos pelas agências de San Pedro para chegar até aqui, mas é possível fazer o passeio de bicicleta, já que o trajeto não é difícil. Os turistas fazem caminhadas curtas para apreciar a paisagem, mas há diversas áreas com restrição de acesso, pois a Nasa realiza estudos de uma bactéria que sobrevive neste inóspito terreno (Thinkstock)

Fernando de Noronha

Belas praias, natureza exuberante: Noronha, o paraíso é aqui.

Ao aportar no arquipélago brasileiro, em 1503, o navegador italiano Américo Vespúcio disse a famosa frase: “O paraíso é aqui”. E ele não estava errado. Fernando de Noronha, formado por 21 ilhas e apenas 17 quilômetros quadrados, esbanja belezas naturais, com mar de águas claras, praias de areias douradas e ampla biodiversidade. O distrito, que pertence a Pernambuco, está dividido entre APA (Área de Preservação Ambiental) e Parque Nacional Marinho, e é considerado Patrimônio Mundial Natural desde 2001 pela Unesco.

Garanta já sua passagem para Fernando de Noronha, o melhor ponto de mergulho do Brasil. Procurado por tanto por profissionais como iniciantes, Noronha é privilégio de poucos, já que a entrada de visitantes é limitada, como forma de preservar as belezas naturais do arquipélago. Golfinhos rotadores, surfe, forró e a simpática Vila dos Remédios, são outros atrativos imperdíveis do arquipélago.

Conhecer Fernando de Noronha exige muita disposição e cuidados especiais com a natureza local, como não usar protetor solar nas piscinas naturais. É possível desbravar as principais praias a bordo de um veículo off road, passear de barco pelas baías dos Golfinhos e do Sancho, observar a fauna marinha em mergulhos ou em uma embarcação com fundo de vidro. Não perma mais tempo. Garanta agora seu pacote para Fernando de Noronha!

Prancha Vip

O passeio, que começa no Porto de Santo Antônio, é cheio de adrenalina. Enquanto segura uma prancha ligada a um barco por uma corda, você desliza pelas águas e admira o fundo do mar. Essa primeira parte da atividade chama-se “mergulho a reboque”. Depois vá de barco até o Morro Dois Irmãos, com parada para banho de mar e churrasco servido a bordo. A Prancha Vip também é conhecida como “voo submarino”.

Pontos turísticos

Construções antigas, como o Forte do Boldró, hoje servem como mirantes para observação de pontos onde os turistas não podem ir, devido às restrições ambientais. Praias encantadoras e com ondas perfeitas para o surfe também são abundantes na ilha. Para completar, a Vila dos Remédios vai te encantar com casinhas simples e uma simpática feira de artesanato.

Estações de Esqui – Chile

O Valle Nevado é um dos centros de esqui mais famosos do Chile, o escolhido por esquiadores do mundo todo para desfrutar dos picos mais altos dos Andes.  Já Termas de Chillán possui excelentes pistas de esqui, além de um Spa termal com uma linda paisagem natural dentro das cordilheiras. Portillo oferece uma das pistas mais difíceis para se aventurar. Mais ao Sul, Pucón e Antillanca, possuem as melhores opções para a prática fora de pista, tendo ao redor os mais belos bosques da Patagônia.
Lindos cenários e as modernas infraestruturas de cada estação de esqui brindam os visitantes à harmonia perfeita para desfrutar da chegada da neve.

Valle Nevado – Vitacura, Santiago
No coração da região dos Andes, a apenas 60 km de Santiago, estáva maior estação de esqui da América do Sul e a mais moderno do Chile.
O Valle Nevado encontra-se a 3.205 metros sobre o nível do mar e tem 9.000 hectares de superfície esquiável, distribuídas em 40 quilômetros de pistas. Mas se somar as áreas esquiáveis de FarellonesEl Colorado e La Parva, conhecido como “os três vales dos Andes” a área chega a 10.700 hectares de terreno esquiável e 120 quilômetros de pistas.
São 14 teleféricos e 39 pistas, áreas para atividades como heliski e helisurf, passeios em motos de neve, passeios de trenós puxados por cachorros, parapente e snowboard.
Um diferencial é que o Valle Nevado conta com 85% de dias ensolarados durante a temporada, o que faz com que sua neve seja perfeita, pois devido à localização no sentido sul de sua montanha, os raios solares não chegam de forma direta sobre a neve o que permite esquiar em uma das melhores pistas da América do Sul.
O principal resort de montanha da Cordilheira Dos Andes é aberto o ano todo. A estação de esqui possui três hotéis, restaurantes, um shopping, bares, pub, clube, piscina aquecida, creche e uma escola de esqui.

Ski PucónPucón, Cautín
Localizado a 780 km ao sul da capital Santiago, a 19 km ao norte de Pucón, na província de Cautín, região da Araucanía, o Centro de Esqui Ski Pucón está dentro dos limites do Parque Nacional Villarrica e oferece aos seus visitantes excelentes condições para esquiar em um dos lugares mais bonitos do Chile.
A estação Ski Pucón dispõe de 20 pistas para a prática de esqui e snowboard, com uma excelente qualidade de neve, serviços e infraestrutura.
Conhecido como o “Paraíso do snowboard”, já que suas pistas contam com “Half Pipes” naturais (cercos erosivos na montanha).
Com uma vista privilegiada aos lagos, montanhas, bosques e vulcões, Ski Pucón é um dos centros de esqui com maior quantidade de atrações e atividades do Chile, como moto de neve, trekking, visitas à Boca de vulcões, rafting no rio Trancura, expedições ao Vulcão Villarrica , grutas vulcânicas, banhos termais e lagos.
A aventura nas ladeiras do vulcão Villarrica proporcionam lindas vistas, principalmente na parede noroeste, com o incrível visual dos cinco lagos do sul chileno.

Nevados de Chillán, Termas de Chillán, Chillán
Localizado a 407 km ao sul de Santiago e encravado na Cordilheira dos Andes, na cidade de Chillán, região de Bío Bío, o Termas de Chillán Ski e SPA abriga um pequeno centro de esqui, chamado de Nevados de Chillán.
O Centro de Esqui Nevados de Chillán conta uma das vistas mais deslumbrantes da América do Sul, além de um SPA Termal tão famoso como suas pistas.
Dispõe de nove meios de elevação, 28 pistas, com um total de 35 km para praticar esqui e snowboard e a pista mais longa da América do Sul com 13 quilômetros de extensão. Oferece inúmeras atividades como esqui nórdico, heliski, canopy (tirolesa), motos de neve, trenós puxados por cães, paintball, esqui noturno, caminhadas e excursões ao Vulcão Chillán.
A estação termal possui nove piscinas térmicas com água de propriedades curativas e cercadas por belas paisagens. O esqui nórdico oferece um circuito especial localizado a 1.600 metros de altura, rodeado de um bosque nativo, com árvores milenares. As amplas ladeiras brindam uma fascinante vista da Cordilheira dos Andes. Já o heliski proporciona u voo panorâmico sobre o cordão da cordilheira.

Corralco Mountain & Ski Resort – Curacautín, Araucanía
O Centro de Ski está localizado na base do Vulcão Lonquimay, a 120 km de Temuco, no sul de Chile, na região da Araucanía.  Santiago está a uma distância de 718 km.
A estação de esqui está situada em um bosque de Araucárias milenares no sopé do vulcão Lonquimay, dentro da Reserva Nacional Malalcahuello, uma das mais belas áreas protegidas no país e também uma das mais antigas. Rodeado de uma atrativa e singular floresta de que conta com mais de 1.000 hectares esquiáveis, numa área desprovida de rochas e riachos.
Possui pistas para O Corralco Mountain & Ski Resort dispõe de 6 elevadores, quatro de arraste e duas cadeiras, para as 26 pistas de esqui ou snowboard, com diferentes níveis de dificuldades, além de opção de esquiar fora de pista.

Cerro El Fraile – Coyhaique, Aysén
Localizado a 29 quilômetros ao sul de Coyhaique, na região de Aysén, próximo da fronteira da Argentina, o Centro de Ski El Fraile é uma das áreas de esqui mais remotas da América do Sul, pois permite praticar esqui entre bosques de lenga e pinheiros, além de estar rodeado pela magnífica vista dos lagos Frío e Pólux.
A estação dispõe de dois teleféricos rasteiros e 5 quadras com neve em pó em uma área de 577 hectares.

Paraty – Rio de Janeiro

Cidade histórica, Paraty encanta com arquitetura e natureza

A cidade localizada no litoral do Rio de Janeiro é um patrimônio histórico nacional que irá te levar aos tempos do Brasil Colônia. A incrível arquitetura portuguesa do Centro Histórico, ainda com calçamento original, revela marcas deixadas pela opulência do Ciclo do Ouro, da cafeicultura e dos lucros com o comércio de escravos. Hoje, a beleza natural das praias cercadas pela Mata Atlântica e das mais de 60 ilhas é pano de fundo para uma região que recebe turistas com passeios de barco, música, teatro de bonecos, artes plásticas, compras, gastronomia deliciosa e saraus de literatura. Conheça o animado Carnaval de Paraty, brinde o Ano Novo ou participe de celebrações locais como a Flip (Festa Literária Internacional), o Festival da Pinga e a Festa do Divino. Em qualquer época do ano, Paraty é uma festa!

A alta temporada acontece no verão, de dezembro a fevereiro. Em julho e agosto, Paraty registra visitantes acima da média por conta de eventos como a Flip e o Festival da Pinga. Já os meses de outono e primavera costumam ser mais tranquilos.

Todo ouro de Minas Gerais, extraído durante o período colonial, era escoado unicamente por dois portos: Paraty e Rio de Janeiro. Naquela época, Paraty se tornou uma das cidades mais ricas do país.

Além das construções históricas do período colonial, Paraty revela praias lindas, que agradam tanto os aventureiros que adoram mergulhar, como famílias com crianças e até mesmo os naturistas – a praia da Figueira, também chamada de praia dos Pelados, é conhecida por quem dispensa a roupa de banho. Há ainda trilhas pelas Mata Atlântica e cachoeiras. Ao comprar seu pacote para Paraty confira, além da natureza exuberante, os alambiques da região, que produzem a iguaria mais famosa da cidade: a cachaça, utilizada em muitos pratos típicos.

O local reúne as praias do Pouso, Panema, Grande e Itaoca, interligadas por trilhas que margeiam os costões. Fica dentro da Reserva Ecológica da Juatinga e o acesso se dá por barco. A praia do Pouso tem águas cristalinas, ideias para mergulho, deve seu nome ao padre José de Anchieta, que passou uma noite ali, na companhia de indígenas, em 1563. Cajaíba ainda possui bons mirantes, como a Pedra da Miranda e o Farol da Juatinga.

São muitas as opções de pousadas e hotéis em Paraty, espalhadas por bairros como Centro, Caborê, Pontal, Portal e Centro Histórico. Se você preferir ficar no Centro Histórico, estará próximo ao cais, igrejas e casarões restaurados, transformados em lojas, restaurantes e centros culturais.

San Andres – Colômbia

lha colombiana San Andrés desfruta do mar azul do Caribe

Parte de um arquipélago constituído juntamente com Providencia e Santa Catalina Island, a 700 quilômetros da costa da Colômbia, a ilha de San Andrés possui inconfundível mar de sete cores, paisagens de paraíso tropical, ambiente tranquilo e gastronomia requintada com base em lagosta, pargo, caramujos e caranguejo. Um dos aspectos mais interessantes é mistura de culturas que deu identidade única ao povo local, descendente de corsários e ingleses. Boa parte dos habitantes domina melhor o inglês que o espanhol, além de falarem creole, a língua franca, que mistura inglês e francês. San Andrés ainda se destaca como um paraíso de compras. A ilha desfruta da condição de zona franca, com muitos produtos importados, como bebidas, eletrônicos e perfumes.

QUANDO IR: O clima tende a se manter estável durante o ano todo, com temperaturas médias entre 28⁰C e 30⁰C. A melhor época para visitar a ilha é nos meses de dezembro e janeiro, e entre junho e agosto, quando há menos probabilidade de chuva.
CURIOSIDADES: O paradisíaco arquipélago é formado por várias ilhotas por lá conhecidas como “cayos“. Todo esse conjunto fica em águas com tantas variações de azul, que a região ganhou o apelido de Mar de Sete Cores.

Com apenas 26 quilômetros quadrados de extensão, San Andrés é a maior e principal ilha do arquipélago de mesmo nome. Desfrute do sol em praias como Rocky Cay e San Luis, que oferecem mar calmo, areia branca e boa infraestrutura de hotéis e restaurantes. As compras devem ser feitas no centro comercial e na Peatonal, calçadão onde estão as mais luxuosas lojas da cidade. Compre sua passagem aérea para San Andrés e divirta-se!

Principais atrações

Com praias banhadas pelo mar azul do Caribe, San Andrés é excelente destino para os mergulhadores, já que está cercada por recifes de corais. Outras atrações imperdíveis dos pacotes para San Andrés são a Cueva de Morgan, o Hoyo Soplador, o Parque Regional Johnny Cay e as ilhas próximas de Providencia e Santa Catalina.

Praias

A orla de areias brancas possui praias paradisíacas, com destaque para Spratt Bight, Rocky Cay, Path Way, San Luis e Acuario. Cercadas por arrecifes de corais, oferecem fauna e flora diversificadas e são o paraíso dos mergulhadores.

Cueva de Morgan

Reza a lenda que o local foi utilizado pelo pirata Morgan para guardar seu tesouro. A caverna possui um lago em seu interior que dá acesso ao outro lado da ilha, com natureza virgem.

Hoyo Soplador

O gêiser natural, orgulho dos nativos e um dos principais pontos turístico da ilha, é produzido pela pressão com que a onda do mar entra nos túneis de pedra. O efeito lembra um “sopro” de ar que empurra água por um dos buracos na rocha.

Laguna Big Pond

Situada no setor de La Loma, a lagoa possui 150 metros de extensão e mais de 30 metros de profundidade. Rodeada por bosques de árvores frutíferas, é habitada por várias espécies de animais terrestres e muitos peixes. A água é inapropriada para banho, mas o visual compensa a visita.

Parque Regional Johnny Cay

O parque, a 15 minutos de San Andrés, é uma ilha com área de 45.000 metros quadrados e cobra taxa de entrada. No local você observa tartarugas, iguanas, lagartixa azul e aves migratórias. Oferece muitos bares que servem refeições e bebidas típicas, como o cocoloco, feita a base de coco e rum.

Providencia

A ilha de Providencia fica a 20 minutos de avião e a 72 quilômetros ao norte de San Andrés. É um verdadeiro paraíso com natureza intocada, que abriga a terceira maior barreira de recife de corais do mundo, e que ostenta o título de Reserva da Biosfera pela Unesco. Isolada geograficamente, a única vizinha é Santa Catalina, ilhota com um quilômetro quadrado de extensão.

Museus

Ao passar por San Andrés não deixe de conhecer os museus da ilha, que ajudam a contar um pouco da história de seu povo. Na Casa Museo Isleña você verá uma residência típica, que resgata os costumes abandonados pela maioria dos isleños. Já o Museu Pirata traz exposição de vestimentas e utensílios que fazem referência às histórias da época dos corsários.

Compras

Livre de impostos, San Andrés atrai muitos turistas que buscam produtos importados por preços mais baixos. A maior parte das lojas concentra-se no centro comercial e na Peatonal, calçadão que abriga hotéis, restaurantes e luxuosas lojas. O comércio abre às 9h e fecha às 12h30 para a siesta, voltando às 15h e fechando às 19h30.

Solar de Uyuni – Bolívia

Maior deserto de sal do mundo, Salar de Uyuni é destaque no turismo da Bolívia

Uma imensidão branca, com mais de 12 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni parece ter saído de um sonho. O maior deserto de sal do mundo fica próximo à cidade de Potosí e a 600 quilômetros de La Paz. O ponto de partida é a pequena cidade de Uyuni, em uma viagem que só termina na fronteira com o Chile, bem na entrada do Deserto do Atacama. Possui lagunas, lagoas coloridas e águas transparentes, gêiseres, formações rochosas e hotéis feitos de sal. Situado a uma altitude de 3.680 metros acima do nível do mar, o salar possui 11 camadas de sal, cuja espessura varia entre dois e 10 metros. Essa paisagem única – a mistura de sal e água cria uma espécie de espelho – atrai milhares de turistas à Bolívia, tornando essa uma jornada especial para os aventureiros de plantão. Seja durante o inverno, quando tanto branco ameaça cegar os olhos dos desavisados, ou no verão, quando as chuvas formam uma lâmina que reflete um céu sem fim, o Salar de Uyuni é garantia de boas imagens e experiência inesquecível.

QUANDO IR

A melhor época para viajar ao Salar de Uyuni é no final de cada estação chuvosa, ou seja, no fim de janeiro e de agosto. O período de outubro a maio também é recomendado, quando as chuvas ajudam a diminuir o calor.

CURIOSIDADES

Estima-se que a quantidade de sal que existe no salar é de 64 mil milhões de toneladas. O local ainda é uma das maiores reservas de lítio no mundo.

Existem muitas belezas no deserto de sal. Comece com uma visita a Colchani, vilarejo onde a produção de sal é vivida intensamente. Passeie também pela Isla Incahuasi, com cactos de mais de 10 metros de altura, as lagoas Colorada e Verde, além dos gêiseres fumegantes. Uma dica importante aos aventureiros: sempre viaje pelo salar com um guia experiente, já que é fácil se perder e camadas finas de sal podem atolar os carros em meio ao deserto.

New York USA – Feriado de 4 de Julho

Capital do mundo, Nova York oferece diversão e compras

Cidade mais cosmopolita do mundo, Nova York é destino obrigatório para todos que procuram por diversão, pois reúne em um só local diferentes culturas vindas de praticamente todo planeta. Na metrópole de 11 milhões de habitantes pode-se ouvir cerca de 170 idiomas e conhecer milhares de restaurantes, hotéis, teatros, museus e parques. Nova York está dividida em cinco regiões: Bronx, Queens, Brooklyn, StatenIsland e Manhattan – a famosa ilha e parte mais rica da cidade. São tantos pontos turísticos, roteiros de compras e passeios incríveis que fica difícil saber por onde começar. Caminhe pelas ruas e descubra os segredos da efervescente “big apple”!

QUANDO IR: As estações do ano são bem definidas. No verão (entre julho e agosto) a temperatura sobe e a cidade fica quente e úmida. Já no inverno (de dezembro a março) o clima é muito frio e pode nevar.
CURIOSIDADES: É hábito dar gorjeta aos prestadores de serviços. Os garçons, por exemplo, ganham de 10% a 15% do valor da conta, e os taxistas recebem a mesma porcentagem sobre o total da corrida. Nos bares, os clientes deixam US$ 1 por cada pedido.

Ao passear em Nova York, você irá encontrar muitos dos cenários que ficaram eternizados em filmes e séries de TV. Veja de perto gigantescos arranha-céus, a Times Square, a Estátua da Liberdade, os bairros Chinatown e Little Italy, além da Broadway e do belo Central Park, que encanta turistas e nova-iorquinos em qualquer estação do ano.

Conhecer todos os atrativos de Nova York em apenas um dia é impossível. Por isso, vá com calma e passeie sem pressa pela cidade que nunca dorme. Uma grande vantagem é o New York CityPASS, talão de ingressos com admissão para seis atrações imperdíveis. Com ele você economizará até 41% se comparado ao preço nas bilheterias e terá acesso a atrações como o Observatório Empire State Building, Museu Americano de História Natural, MET, Observatório Top of the Rock ou Museu Guggenheim, Estátua da Liberdade, entre outras. Adquira já o seu pacote para Nova York e divirta-se!

Machu Picchu – Peru

Machu Picchu: aventuras inesquecíveis

Na lista das sete novas maravilhas do mundo, Machu Picchu é um daqueles lugares que merecem ser visitados ao menos uma vez na vida. A região montanhosa, cercada por vales, fica a mais de dois mil metros acima do nível do mar, próxima de Cusco, e se tornou o destino peruano mais procurado entre os apaixonados por aventura. Além do visual inesquecível, a viagem rende passeios de trem, trilhas e visita a templos construídos pelos incas.Programe-se e aproveite a viagem!

QUANDO IR: A melhor época é de maio a setembro, quando o tempo é seco. Os meses de julho e agosto recebem mais turistas. Se houver chuva, principalmente de dezembro a fevereiro, as trilhas podem ficar fechadas.
CURIOSIDADES: Estudiosos apontam que o explorador Hiram Bingham tenha feito uma trilha de seis dias até encontrar Machu Picchu, em 1911. Acredita-se que a região ficou abandonada e perdida entre os Andes peruanos durante 300 anos após a queda do império inca.

Encante-se com o visual de Machu Picchu, uma das atrações mais enigmáticas do mundo. Aproveite para esticar a viagem e conhecer outras paisagens fascinantes pelos Andes peruanos entre lagos, vales e povoados como Ollantaytambo, Águas Calientes, Urubamba, Pisaq e Yucay. Compre sua passagem aérea para Machu Picchu e viva uma verdadeira aventura!

Lugares incríveis não faltam na lista de atrações dos pacotes para Machu Picchu e região. Além do famoso santuário e da cidade inca, aproveite para fazer trilhas e passeios pelo Vale Sagrado e em Cusco. Não é a toa que viagem tem um significado mágico a muitos turistas.

Confira aqui o calendário completo dos feriados de 2017:

FEVEREIRO

28 (terça-feira) – Carnaval

ABRIL

14 (sexta-feira) – Paixão de Cristo

16 (domingo) – Páscoa

21 (sexta-feira) – Tiradentes

MAIO

01 (segunda-feira) – Dia do Trabalho

JUNHO

15 (quinta-feira) – Corpus Christi

SETEMBRO

05 (terça-feira) – Elevação do Amazonas

07 (quinta-feira) – Independência do Brasil

OUTUBRO

12 (quinta-feira) – N. Sra. Aparecida

24 (terça-feira) – Aniversário de Manaus

28 (sábado) – Dia do Servidor Público

NOVEMBRO

02 (quinta-feira) – Finados

15 (quarta-feira) – Proclamação da República

20 (segunda-feira) – Consciência Negra

DEZEMBRO

08 (sexta-feira) – N. Sra. Da Conceição

25 (segunda-feira) – Natal

Myway Viagens
Myway Viagens
A Myway Viagens é uma agência apaixonada por descobertas. Aliando qualidade, profissionalismo e roteiros diferenciados, oferecemos produtos que respeitem o estilo de viajar de cada um. Com a consultoria especializada da Myway agregada ao desejo e expectativas individuais dos clientes, é possível realizar uma viagem personalizada e inesquecível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

x Close

Olá! Curta nossa página!